Zohar Diário # 3449 – Ha’azinu – O falecimento do Rabi Shimon.

Daily Zohar 3449

Holy Zohar text. Daily Zohar -3449

Tradução para Hebraico:

Hebrew

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge Ramos
Zohar Ha’azinu – Idra Zuta

# 197
O fogo ao redor da casa do Rabi Shimon não parou o dia todo, e ninguém podia chegar perto porque a luz e o fogo estavam ao redor. O Rabi Aba estava no chão chorando pela perda de seu professor. Depois que o fogo foi embora, ele viu que a Vela Sagrada, o santo dos santos, havia deixado o mundo. Ele estava deitado sobre o lado direito com um rosto sorridente.

# 198
O Rabi Elazar pegou as mãos de seu pai e beijou-as. O Rabi Aba lambeu o chão sob Rabi Shimon. Os amigos não conseguiam falar e começaram a chorar, o Rabi Elazar caiu três vezes e não conseguia abrir a boca.

Mais tarde, ele abriu e disse: “Meu pai, meu pai. Restavam três e apenas um ”. Os três eram Rabi Shimon, seu sogro, Rabi Pinchas e Rabi Elazar. Agora que ele se foi, Rabi Elazar ficou órfão e sozinho.

O Rabi Shimon era considerado como uma enorme árvore sob a qual as criaturas vivas do campo vagavam e o pássaro do céu habitava em seus galhos. A Árvore fornecia alimento para todos, e agora as criaturas vivas vão se afastar. Os pássaros que estavam em seus galhos afundarão no abismo do grande mar. Os amigos que se alimentavam de sua luz, beberão sangue.

# 199
O Rabi Chiya levantou-se e disse; até agora a vela sagrada estava zelando por nós e agora precisamos nos esforçar para sua honra.

O Rabi Elazar e o Rabi Aba tiraram-no de seu lugar em uma cama que parecia uma escada para colocá-lo em sua cama. A casa inteira estava repleta de uma boa fragrância, e apenas o Rabi Elazar e o Rabi Aba estavam servindo ao Rabi Shimon.

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *