Zohar Diário # 3818 – Vayechi – Colete o seu maná diário.

Daily Zohar 3818

Holy Zohar text. Daily Zohar -3818

Tradução para Hebraico:

124. יוֹם אֶחָד נִרְדַּם תַּחַת עֵץ וְרָאָה בַּחֲלוֹמוֹ אַרְבַּע כְּנָפָיִם מְתֻקָּנוֹת וְעוֹלֶה עֲלֵיהֶן רַבִּי שִׁמְעוֹן וְסֵפֶר תּוֹרָה עִמּוֹ, וְלֹא הִשְׁאִיר כָּל סִפְרֵי הַסּוֹדוֹת הָעֶלְיוֹנִים וְאַגָּדָה שֶׁלֹּא הֶעֱלָה אוֹתָם עִמּוֹ, וְהֶעֱלָה אוֹתָם [וְהֶעֱלוּ אוֹתוֹ] לָרָקִיעַ, וְרָאָה שֶׁהוּא מִתְכַּסֶּה מֵהָעֵינַיִם וְלֹא הִתְגַּלָּה.
125. כְּשֶׁהִתְעוֹרֵר, אָמַר, וַדַּאי מִשֶּׁמֵּת רַבִּי שִׁמְעוֹן, הַחָכְמָה הִסְתַּלְּקָה מִן הָאָרֶץ. אוֹי לְדוֹר שֶׁהָאֶבֶן הַטּוֹבָה הַזּוֹ, שֶׁהָיוּ נִרְאִים [מִתְאַחֲדִים] מִמֶּנָּה וְסוֹמְכִים עָלֶיהָ עֶלְיוֹנִים וְתַחְתּוֹנִים, נֶאֶבְדָה מֵהֶם.
126. בָּא אֶל רַבִּי אַבָּא, סִפֵּר לוֹ. הֵרִים רַבִּי אַבָּא אֶת יָדָיו עַל רֹאשׁוֹ וּבָכָה וְאָמַר, רַבִּי שִׁמְעוֹן רֵחַיִם שֶׁטּוֹחֲנוֹת מִמֶּנּוּ מָן טוֹב כָּל יוֹם וְלוֹקְטִים אוֹתוֹ, כַּכָּתוּב (במדבר יא) הַמַּמְעִיט אָסַף עֲשָׂרָה חֳמָרִים, וְעַכְשָׁו הָרֵחַיִם וְהַמָּן הִסְתַּלְּקוּ וְלֹא נִשְׁאָר מִמֶּנּוּ בָּעוֹלָם, פְּרָט לְמַה שֶּׁכָּתוּב (שמות טז) קַח צִנְצֶנֶת אַחַת וְתֶן שָׁמָּה מְלֹא הָעֹמֶר מָן וְהַנַּח אוֹתוֹ לִפְנֵי ה’ לְמִשְׁמֶרֶת. וְאִלּוּ בְּהִתְגַּלּוּת לֹא כָתוּב אֶלָּא לְמִשְׁמֶרֶת, לְהַצְנָעָה. עַכְשָׁו מִי יָכוֹל לְגַלּוֹת סוֹדוֹת וּמִי יֵדַע אוֹתָם.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Vayechi

Continuação do DZ anterior

# 124
Um dia o Rabi Yehuda dormiu debaixo de uma árvore e viu em seu sonho que quatro asas estavam sendo feitas, e o Rabi Shimon subiu nelas, e um rolo da Torá com ele, e ele não deixou nenhum dos segredos e lendas celestiais, o que ele não elevou com ele. Ele os elevou ao céu e viu que estavam cobertos pelos olhos e invisíveis.

# 125
Quando ele acordou, ele disse, certamente desde a morte do Rabi Shimon, a sabedoria se foi da terra. Ai da geração em que a pedra preciosa da qual eles se apegavam e em que confiavam os níveis superiores e inferiores se perdeu deles.

# 126
Rabi Yehuda então veio perante o Rabi Aba e contou-lhe o que tinha acontecido. O Rabi Abba colocou as mãos na cabeça e chorou. E ele disse, nós perdemos as pedras de moer que moem o Maná todos os dias, ou seja, a revelação dos segredos da Torá. Os presentes de cima para nós recolhermos conforme está escrito em;

(Números 11:32)
“הַמַּמְעִיט אָסַף עֲשָׂרָה חֳמָרִים”
“pelo menos colheu dez ômeres (1 Homer = cerca de 250 litros).”

E agora que as pedras de moer e o Maná foram removidos do mundo, e nada sobrou, exceto o que está escrito;

Êxodo 16:33
“וַיֹּאמֶר מֹשֶׁה אֶל אַהֲרֹן קַח צִנְצֶנֶת אַחַת וְתֶן שָׁמָּה מְלֹא הָעֹמֶר מָן וְהַנַּח אֹתוֹ לִפְנֵי יְהוָה לְמִשְׁמֶרֶת לְדֹרֹתֵיכֶם.”
“E Moisés disse a Arão: Pega num jarro e põe nele um gômer cheio de maná, e põe-o diante de YHVH, para ser guardado para todas as vossas gerações.”

Diz “para ser guardado”, o que significa que não poderia ser ao ar livre, mas em um lugar escondido. E agora, quem sabe o segredo e quem pode revelá-lo.
Lição;
Este Zohar é uma discussão entre os alunos após a morte do Rabi Shimon. Eles descrevem o Rabi Shimon como uma Pedra de Moer que abre a Torá e revela os seus segredos descritos como Maná. O Maná era o alimento dos céus e continha a força vital que sustentou o povo no deserto em seu caminho para a Terra Santa.

Estudar o Zohar é como usar a Pedra de Moer do Rabi Shimon e pegar o Maná que são os segredos da Torá que ele nos revelou. Esse tipo de alimento é o nosso Maná espiritual que sustenta as nossas almas neste mundo e é mantido conosco para o mundo vindouro.

Nós já estudamos antes, que nós nunca perdemos nenhum de nossos estudos que tenham o aspecto de Maná. No momento da Ressurreição, todos os nossos estudos em sua forma completa farão parte de nós.

O maná salvo na jarra vem dos céus e é uma fonte infinita de força vital. Tudo o que precisamos é coletá-lo com os nossos estudos do Zohar.

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *