Zohar Diário # 3258 – Beshalach – Como evitar tempestades.

Daily Zohar 3258

Holy Zohar text. Daily Zohar -3258

Tradução para Hebraico:

99. וְזוֹהִי הַחַיָּה (הָעֶלְיוֹנָה הַקְּדוֹשָׁה) שֶׁכָּל שְׁאָר הַחַיּוֹת אֲחוּזוֹת בָּהּ, וְהִשְׁתַּלְשְׁלוּ (וְנִתְקְנוּ) בִּשְׁבִילָהּ כַּמָּה חַיּוֹת לְחַיּוֹת (אֵלּוּ יוֹרְדוֹת וְאֵלּוּ יוֹרְדוֹת). וְנֶאֱחָזוֹת דְּרָגוֹת בִּדְרָגוֹת, וְכָל הָעֶלְיוֹנִים וְהַתַּחְתּוֹנִים הוֹלְכִים וְשָׁטִים בַּיָּם. זֶהוּ שֶׁכָּתוּב (תהלים קד) זֶה הַיָּם גָּדוֹל וּרְחַב יָדַיִם שָׁם רֶמֶשׂ וְאֵין מִסְפָּר וְגוֹ’.
100. וּכְשֶׁמַּעֲלֶה הַיָּם אֶת גַּלָּיו, כָּל הָאֳנִיּוֹת עוֹלוֹת וְיוֹרְדוֹת, וְנִמְצָא זַעַף, וְרוּחַ קָשָׁה הוֹלֶכֶת עָלָיו בְּחֹזֶק, וּדְגֵי הַיָּם מִתְפַּזְּרִים לְכָל צַד, אֵלֶּה לַמִּזְרָח וְאֵלֶּה לַמַּעֲרָב, אֵלֶּה לַצָּפוֹן וְאֵלֶּה לַדָּרוֹם. וְכָל אוֹתָם בְּנֵי הָעוֹלָם שֶׁרוֹאִים אֶת הָרֹשֶׁם עֲלֵיהֶם, לוֹקְחִים אוֹתָם וּבוֹלְעִים אוֹתָם בִּמְעָרוֹת הֶעָפָר.
101. וְכָל הָאֳנִיּוֹת לֹא נוֹסְעוֹת מִמְּקוֹמָם, וְלֹא עוֹלוֹת וְיוֹרְדוֹת, פְּרָט לְאוֹתָהּ שָׁעָה שֶׁבָּא מַנְהִיג אֶחָד שֶׁל הַיָּם וְיוֹצֵא לְהַשְׁלִים רוּחַ שֶׁל זַעַף הַיָּם. כֵּיוָן שֶׁזֶּה עוֹלֶה עַל הַיָּם, שׁוֹכֵךְ מֵרָגְזוֹ, וְנִמְצֵאת מְנוּחָה. וְאָז כָּל הָאֳנִיּוֹת הוֹלְכוֹת בְּדֶרֶךְ יָשָׁר, וְלֹא סוֹטוֹת לְיָמִין וְלִשְׂמֹאל. זֶהוּ שֶׁכָּתוּב שָׁם אֳנִיּוֹת יְהַלֵּכוּן לִוְיָתָן זֶה יָצַרְתָּ לְשַׂחֶק בּוֹ. זֶה דַּוְקָא. וְכָל דְּגֵי הַיָּם מִתְכַּנְּסִים לִמְקוֹמָם, וְכָל אוֹתָן הַחַיּוֹת שְׂמֵחוֹת עָלֶיהָ, וְחַיּוֹת הַשָּׂדֶה הָעֶלְיוֹנוֹת שְׂמֵחוֹת. זֶהוּ שֶׁכָּתוּב (איוב מ) וְכָל חַיַּת הַשָּׂדֶה יְשַׂחֲקוּ שָׁם.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Beshalach

Continuação do DZ 2944
# 98
A força vital de Zeir Anpin é recebida de Binah, que é o mundo da criação. Os anjos que conectam Binah a Zeir Anpin, o mundo da Formação, são chamados de ‘חיות’’Vivendo’, ‘Criaturas vivas’ ou ‘Criaturas vivas’, ‘חיות הקודש’. Eles apóiam as três pernas do Trono Sagrado, que são as três colunas, estabelecidas por Abraão para Chessed, Isaac para Gevurah e Jacó para Tiferet. A quarta etapa é para Malchut, o mundo da Ação. Os anjos que continuam a energia de Zeir Anpin a Malchut são chamados de ‘הקודש אופני’ ‘Rodas Sagradas’.

# 99
A Shechina tem sob seu controle quatro campos que são as ‘Rodas Sagradas’. As carruagens desses campos são conectadas umas às outras e incluídas umas nas outras em diferentes níveis, de cima para baixo. Acima de tudo, existe uma Criatura viva que é feminina e está no topo de Zeir Anpin. Essa Criatura viva e sagrada comanda o movimento dos campos inferiores que dependem dela.

Todos os níveis superiores e inferiores que evoluíram uns dos outros chegam ao grande mar que é o aspecto de Malchut. Como o mar mantém tudo como um só, assim a luz que desce para Malchut também é.

# 100
Quando o mar levanta ondas, é o aspecto dos julgamentos. Todos os navios e embarcações no mar sobem e descem com as ondas. Isso significa que todos são afetados por esses julgamentos. Quando há uma tempestade com ventos fortes, os peixes se espalham para todas as direções, leste, oeste, norte e sul.

O mar é um aspecto de Malchut que reúne a ‘água’ de cima. Os peixes representam as forças positivas dos anjos e dos estudantes da Torá que vivem e são protegidos pela água, que são chassadim e aspecto dos estudos da Torá. Eles também são afetados pelos julgamentos que se espalham em Malchut.

As pessoas do mundo que causam a ‘tempestade’ por suas desigualdades são responsáveis ​​pela perda da paz e tranquilidade do ‘mar’. Por causa da tempestade, o ‘peixe’ espalhado e engolido pelos julgamentos em Malchut.

# 101
A tempestade é o aspecto do julgamento e também representa o começo da correção das desigualdades. Quando um líder forte assume o controle do mar, a tempestade repousa, a água fica calma e o navio navega nos caminhos pretendidos sem distração.

Salmos 104: 26

“Lá vão os navios e o Leviatã, que você formou para jogar nele.”

O “Leviatã” literalmente se traduz em “baleia” é o aspecto da coluna central. Ele traz o equilíbrio e todas as “criaturas” voltam ao seu lugar.

Lição:
Existem dois ‘mares’ que o Zohar nos ensina. O mar celestia que é Binah, nossa mãe que reúne a luz de Chokmah e a entrega ao filho, Zeir Anpin e à filha Malchut.

Malchut é o mar mais baixo que reúne a luz do alto e a manifesta. As tempestades são o efeito espiritual / físico causado pelos pecados e todas as ações que vão contra as leis da Torá. Um líder com uma forte conexão com a Torá tem o aspecto de uma baleia. Quando ele ensina as pessoas, as tempestades desaparecem e o mar / Malchut está de volta a um estado de paz.

O mundo está agora em um estado de caos e há muitas tempestades em vigor. Elas causam muita dor em todo o mundo. Por estarmos perto da Redenção Final, a maioria dos nossos grandes Tzadikim deixou o mundo para nos apoiar do céu, onde eles podem fazer o melhor por nós. Eles ajudam a reunir águas de misericórdia em Binah, para que possamos atraí-lo para o mar em Malchut. Podemos fazer isso com estudos da Torá/Zohar, que é o aspecto da água.

Isaías 55: 1 “Vinde, todos os que têm sede, venham às águas (Torá)”

Provérbios 5:15

“Beba água da sua própria cisterna e água corrente do seu próprio poço.”

O Rabi Shimon explica que a palavra “מִבּוֹרֶךָ”, “cisterna” deve ser lida com um Nikkud diferente, como “מְבוֹרָךְ”, que significa “abençoado”. O verso seria então lido como “Beba água (da Torá) e seja abençoado, e água corrente (força vital) do seu próprio poço (que cavamos quando estudamos a Torá)”

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *