Zohar Diário # 3701 – Balak – Cave alguns poços para ter uma sombra.

Daily Zohar 3701

Holy Zohar text. Daily Zohar -3701

Tradução para Hebraico:

309. בֵּין כָּךְ הֲרֵי שְׁלֹשָׁה אִילָנוֹת מִתְפַּשְּׁטִים בַּעֲנָפִים לִשְׁלֹשָׁה צְדָדִים עֲלֵיהֶם, וּמַעְיַן מַיִם נוֹבְעִים לִפְנֵיהֶם. שָׂמְחוּ כָּל הַחֲבֵרִים, וְשָׂמְחוּ רַבִּי פִּנְחָס וְרַבִּי שִׁמְעוֹן. אָמַר רַבִּי פִּנְחָס, טֹרַח גָּדוֹל הָיָה לְאוֹתָם עוֹפוֹת בַּתְּחִלָּה, וְטֹרַח בַּעֲלֵי חַיִּים לֹא צְרִיכִים, שֶׁהֲרֵי כָּתוּב (תהלים קמה) וְרַחֲמָיו עַל כָּל מַעֲשָׂיו. אָמַר רַבִּי שִׁמְעוֹן, אֲנִי לֹא הִטְרַחְתִּי אוֹתָם. אֲבָל אִם הַקָּדוֹשׁ בָּרוּךְ הוּא חָס עָלֵינוּ, אֵינֶנּוּ יְכוֹלִים לִדְחוֹת אֶת הַמַּתָּנוֹת שֶׁלּוֹ. יָשְׁבוּ תַחַת אוֹתוֹ הָאִילָן, וְשָׁתוּ מֵהַמַּיִם וְנֶהֱנוּ שָׁם.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Balak

# 309
Enquanto isso, três árvores espalham os seus galhos em três direções acima de suas cabeças para lhes dar sombra. E a fonte de água começou a fluir na frente deles. Os amigos do Rabi Pinchas e do Rabi Shimon se alegraram. Rabi Pinchas disse, foi um grande esforço para os pássaros fazerem sombra no começo, e eu não quero ver o cansaço dos animais como está escrito;

Salmo 145: 9
“טוֹב יְהוָה לַכֹּל וְרַחֲמָיו עַל כָּל מַעֲשָׂיו.”,
“YHVH é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas obras.”

Rabi Shimon então respondeu, eu não os obriguei a fazer isso, e se o Santo Bendito seja Ele, nos tratou com a sua misericórdia, enviando os pássaros para fazerem sombra para nós, nós não podemos rejeitar seus presentes. Eles se sentaram sob a sombra daquela árvore e beberam da água e aproveitaram o tempo juntos.

# 310
Cantares 4:15
“מַעְיַן גַּנִּים בְּאֵר מַיִם חַיִּים וְנֹזְלִים מִן לְבָנוֹן.”
“Uma fonte de jardins, uma fonte de águas vivas, E riachos que manam do Líbano.”

O Rabi Pinchas citou este versículo e perguntou, ele não tem outra fonte, mas dos jardins, pois existem algumas fontes boas e preciosas no mundo. E ele respondeu, mas não há prazeres iguais. Uma fonte sai no deserto em um lugar seco; há prazer nisso para aqueles que se sentam e bebem dela. Mas a fonte dos jardins, quão boa e preciosa é, aquela fonte faz bem às ervas daninhas e aos frutos, quem se aproxima dela desfruta de tudo, aprecia da água, aprecia da erva, desfruta dos frutos. Aquela fonte é adornada com tudo, algumas rosas e algumas ervas aromáticas ao seu redor; quão bonita é esta fonte das outras fontes. É um poço de água viva.
Lição:
A fonte dos jardins é Binah, que é a força da vida oculta na Torá que nos dá ‘sombra’ que é á nossa proteção. Os nossos estudos cavam “poços de água viva” que nos sustentam. ‘Líbano’, ‘לְבָנוֹן’ é outro nome para o Templo Sagrado. A raiz desta palavra é ‘לבן,’ ‘Branco’ para nos dizer que o Templo Sagrado ‘branqueia’ as nossas iniqüidades e nos purifica.

O Rabi Shimon e o Rabi Pinchas mereceram os milagres das três árvores se espalhando em três direções para representar uma conexão completa com a Direita, a Esquerda e o Centro da Árvore da Vida. Uma fonte de água saiu porque eles estavam “cavando” poços de água “da Torá que é a Árvore da Vida para aqueles que se agarram a ela.

Provérbios 3:18
“עץ חיים היא למחזיקים בה ותומכיה מאושר:”
“A Torá é a Árvore da Vida é para aqueles que se apegam a ela, e abençoados é todo aquele que a retém.”

Mesmo que nós lutemos para entender alguns estudos do Zohar, nós devemos continuar estudando porque os benefícios estão além do que os olhos podem ver.

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *