Zohar Diário # 3868 – Tetzaveh – Lance-os nas profundezas do mar.

Daily Zohar 3868

Holy Zohar text. Daily Zohar -3868

Tradução para Hebraico:

113. עוֹד, יְכַפֵּר בַּיּוֹם הַזֶּה, וִינַקֶּה לוֹ בַתְּחִלָּה. וְכָל זֶה עֲלֵיכֶם, בְּסִבַּתְכֶם צָרִיךְ לְנַקּוֹת אוֹתָהּ, וּלְטַהֵר אוֹתָהּ תְּחִלָּה. יְכַפֵּר – מִי יְכַפֵּר? אֶלָּא זֶהוּ עוֹלָם הָעֶלְיוֹן שֶׁמֵּאִיר וּמְנַקֶּה לְכֻלָּם. וְעַל זֶה כָּל צְדָדִים רָעִים, שֶׁנִּקְרָאִים מְצוּלוֹת יָם, עוֹבְרִים. וּכְמוֹ שֶׁאוֹתָן מְצוּלוֹת יָם תְּלוּיוֹת, כָּךְ גַּם תְּלוּיוֹת שְׂעָרוֹת (שֶׁלּוֹ, שֶׁהוּא צַד) שֶׁלּוֹ, שֶׁהוּא צַד שֶׁלָּהֶם, וְשֵׂעָר שֶׁל הַצַּד הַהוּא לֹא חָלָק.
114. כְּמוֹ זֶה כָתוּב, (שם) וְכִפֶּר עַל הַקֹּדֶשׁ מִטֻּמְאֹת בְּנֵי יִשְׂרָאֵל וּמִפִּשְׁעֵיהֶם לְכָל חַטֹּאתָם. וְכָל חַטֹּאתָם צָרִיךְ לוֹ לוֹמַר! אֶלָּא לַהֲנָאָה שֶׁלָּהֶם. מִכָּאן וָהָלְאָה לְכָל חַטֹּאתָם, שֶׁלֹּא יָכוֹל הַמְקַטְרֵג לִשְׁלֹט עֲלֵיהֶם (וְעַל זֶה) בְּיוֹם כִּפּוּר, שֶׁהוּא הַעֲבָרַת כָּל הַחוֹבוֹת וְנִקּוּי שֶׁלָּהֶם. צְרִיכִים יִשְׂרָאֵל לְנַקּוֹת עַצְמָם וְלָלֶכֶת יְחֵפֵי רַגְלַיִם כְּמַלְאֲכֵי עֶלְיוֹן. חֲמִשָּׁה עִנּוּיִים כְּדֵי לְהֵעָזֵר בַּחֲמִשָּׁה צְדָדִים עֶלְיוֹנִים שֶׁיּוֹם הַכִּפּוּרִים מוֹצִיא אוֹתָם, וְהֵם שְׁעָרִים שֶׁלּוֹ.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Tetzaveh

Continuação do ZD anterior.

#113
“Naquele dia ele fará expiação por você” (Levítico 16:30) refere-se a Malchut que é limpa e purificada primeiro. O nível superno de Binah que é a fonte de Luz e força purificadora remove todos os lados ruins que são chamados de “profundezas do mar” e um lugar de julgamentos, onde todas as iniquidades são lançadas. Assim como os pecados são lançados, o mesmo acontece com os pelos do bode, que estão do outro lado. Eles não são lisos, mas têm cabelos duros para implicar julgamentos.

Lição:
Na tarde do Rosh Hashaná, nós fazemos uma conexão especial chamada “תשליך” “Tashlich”. Seguimos um ritual com uma meditação de jogar os nossos pecados nas profundezas do mar enquanto lemos;

Miquéias 7:19
“יָשׁוּב יְרַחֲמֵנוּ יִכְבֹּשׁ עֲו‍ֹנֹתֵינוּ וְתַשְׁלִיךְ בִּמְצֻלוֹת יָם כָּל חַטֹּאותָם.”
“Tornará a apiedar-se de nós; pisará aos pés as nossas iniqüidades. Tu lançarás todos os nossos pecados nas profundezas do mar.”

“Profundezas do Mar” “מְצֻלוֹת יָם” tem as letras que formam as palavras “צל מות” que significam “Sombra da Morte”.

#114
Levítico 16:16
“וְכִפֶּר עַל הַקֹּדֶשׁ מִטֻּמְאֹת בְּנֵי יִשְׂרָאֵל וּמִפִּשְׁעֵיהֶם לְכָל חַטֹּאתָם וְכֵן יַעֲשֶׂה לְאֹהֶל מוֹעֵד הַשֹּׁכֵן אִתָּם בְּתוֹךְ טֻמְאֹתָם.”
“Assim fará expiação pelo Santo Lugar, por causa da imundícia dos filhos de Israel, e por causa das suas transgressões, de todos os seus pecados; e assim fará com o tabernáculo da congregação que permanece entre eles no meio da sua imundícia.”

A expiação no Yom Kippur que traz a limpeza e impede o promotor de controlar Israel. No Yom Kippur é o dia da limpeza; Israel precisa se purificar e andar descalço como os anjos supernos. Eles aceitam as cinco restrições; comer e beber, lavar, ungir, usar sapatos e relações conjugais. Com essas restrições, eles recebem ajuda de Binah e têm acesso aos cinco portões: Chessed, Gevurah, Tiferet, Netzach e Hod.

Lição:
O Zohar explica a tecnologia espiritual oculta nas palavras da Torá. A própria Torá é um código que somente quando nós a estudamos e seguimos, ganhamos a Luz que merecemos. Mesmo o próprio Zohar esconde os segredos, mas abre um portão de compreensão para os Kabalistas assim como o Santo Ari, Rabi Ashlag de abençoada memória e outros grandes para revelar os segredos de como a Luz flui do estudo da Torá, Zohar e das palavras dos Kabalistas para nos beneficiar.

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *