Zohar Diário # 3869 – Tetzaveh – No décimo somos um com a mãe.

Daily Zohar 3869

Holy Zohar text. Daily Zohar -3869

Tradução para Hebraico:

115. וְאִם שְׁתִיָּה מַחֲשִׁיב, שֶׁהִיא מִצַּד שֶׁל יִצְחָק, הֲרֵי שִׁשָּׁה. וְאַף עַל גַּב שֶׁבִּכְלַל אֲכִילָה הִיא, וְאָז הֵם שִׁשָּׁה, וְעִנּוּי אַחֲרוֹן תַּשְׁמִישׁ הַמִּטָּה הוּא, וּבְדַרְגָּה שִׁשִּׁית נִמְצָא, וּכְנֶגְדָּהּ אָנוּ עוֹשִׂים עִנּוּי זֶה.
116. כָּתוּב (במדבר כט) וּבֶעָשׂוֹר לַחֹדֶשׁ הַשְּׁבִיעִי הַזֶּה, וְכָתוּב (ויקרא כג) אַךְ בֶּעָשׂוֹר לַחֹדֶשׁ. בֶּעָשׂוֹר – בָּעֲשִׂירִי צָרִיךְ לוֹ לוֹמַר! מַה זֶּה בֶּעָשׂוֹר? אֶלָּא מִשּׁוּם שֶׁעַתָּה בְּיוֹם זֶה, כָּל מַדְרֵגוֹת עֶלְיוֹנוֹת בָּאוֹת אֵלּוּ עַל אֵלּוּ לִשְׁרוֹת עַל הַלְּבָנָה וּלְהָאִיר אוֹתָהּ, וְכֻלָּן בְּסוֹד שֶׁל עֶשֶׂר, עַד שֶׁעוֹלָה לְמֵאָה. וְכַאֲשֶׁר עוֹמֶדֶת בְּסוֹד שֶׁל מֵאָה, אָז הַכֹּל אֶחָד, וְנִקְרָא יוֹם הַכִּפּוּרִים. וְעַל זֶה בֶּעָשׂוֹר, כְּמוֹ שֶׁאַתָּה אוֹמֵר זָכוֹר, שָׁמוֹר, שֶׁכֻּלָּם בָּאִים כְּדֵי לְעַשֵּׂר וּלְהָאִיר בְּסוֹד שֶׁל עֶשֶׂר.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Tetzaveh

Continuação do ZD anterior.

#115
Se nós considerarmos beber uma restrição separada para expiação, então contamos seis restrições. Beber é do lado de Isaac, Gevurah, e comer é do lado de Abraão, Chessed. Mesmo que beber faça parte de comer, eles podem ser contados como dois. Neste caso, a sexta restrição das relações conjugais corresponde adequadamente ao nível de Yessod.

#116
Números 29:7
“וּבֶעָשׂוֹר לַחֹדֶשׁ הַשְּׁבִיעִי הַזֶּה מִקְרָא קֹדֶשׁ יִהְיֶה לָכֶם וְעִנִּיתֶם אֶת נַפְשֹׁתֵיכֶם כָּל מְלָאכָה לֹא תַעֲשׂוּ.”
“No décimo dia deste sétimo mês, vocês terão uma santa convocação. Vocês devem afligir suas almas; não farás nenhum trabalho.”

A palavra ‘עָשׂוֹר’ significa literalmente década, mas é traduzida como ‘décima’ para que o verso possa fazer sentido. O Zohar pergunta por que o verso diz década quando o dia real de Yom Kippur é o décimo do sétimo mês. O Zohar responde que todos os níveis superiores se reúnem naquele dia, um em cima do outro. Isso significa que cada uma das dez sefirot tem suas próprias dez, e dez vezes dez é cem. Binah, a mãe, com suas dez sefirot, veio para iluminar Malchut e se tornar uma em Yom Kippur no segredo do número dez.

Lição:
A forma como o verso indica o dia revela o aspecto espiritual do dia e a conexão com o nível superior de Binah.

Não há erros na Torá. Se nós virmos algo inesperado, devemos saber que há segredos a serem revelados naquele lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *