Zohar Diário # 3301 – Vayikra – Quão bom e quão agradável é.

Daily Zohar 3301

Holy Zohar text. Daily Zohar -3301

Tradução para Hebraico:

98. בֹּא רְאֵה, בְּשָׁעָה שֶׁנִּמְצָא מָזוֹן לְמַטָּה, נִמְצָא מָזוֹן לְמַעְלָה. לְמֶלֶךְ שֶׁתִּקֵּן אֶת סְעוּדָתוֹ וְלֹא תִקֵּן לַעֲבָדָיו. כְּשֶׁתִּקֵּן לַעֲבָדָיו, הוּא אָכַל אֶת סְעוּדָתוֹ, וְהֵם אָכְלוּ אֶת סְעוּדָתָם. זֶהוּ שֶׁכָּתוּב(שם) אָכַלְתִּי יַעְרִי עִם דִּבְשִׁי – זוֹ סְעוּדַת הַמֶּלֶךְ. אִכְלוּ רֵעִים שְׁתוּ וְשִׁכְרוּ דּוֹדִים – זוֹ סְעוּדָתָם מֵרֵיחַ הַקָּרְבָּן, כְּשֶׁרֵיחַ הַקָּרְבָּן הָיָה עוֹלֶה, וּמִשּׁוּם כָּךְ נִקְרָא רֵיחַ נִיחֹחַ לַה’. רֵיחַ לַעֲבָדָיו, נִיחֹחַ לַה’. (מִמְּקוֹם הָעֹנֶג שֶׁל הָעַתִּיק נִמְצָא)וְלָכֵן סְעוּדַת הַמֶּלֶךְ מִתְעַכֶּבֶת, בִּגְלַל סְעוּדָתָם שֶׁל עֲבָדָיו. וּמִשּׁוּם כָּךְ יִשְׂרָאֵל מְפַרְנְסִים אֶת אֲבִיהֶם שֶׁבַּשָּׁמַיִם שָׁנִינוּ. וּמִסְּעוּדַת הַמֶּלֶךְ מִי אוֹכֵל? אֶלָּא אוֹתָן נִשְׁמוֹת הַצַּדִּיקִים.
99. עוֹד פָּתַח וְאָמַר,(תהלים קלג)הִנֵּה מַה טּוֹב וּמַה נָּעִים שֶׁבֶת אַחִים גַּם יָחַד. אַשְׁרֵיהֶם יִשְׂרָאֵל שֶׁלֹּא נָתַן אוֹתָם הַקָּדוֹשׁ בָּרוּךְ הוּא לְגָדוֹל אוֹ לְשָׁלִיחַ, אֶלָּא יִשְׂרָאֵל אֲחוּזִים בּוֹ, וְהוּא אָחוּז בָּהֶם, וּמֵחֲבִיבוּתָם קָרָא לָהֶם הַקָּדוֹשׁ בָּרוּךְ הוּא עֲבָדִים, זֶהוּ שֶׁכָּתוּב (ויקרא כה)כִּי לִי בְנֵי יִשְׂרָאֵל עֲבָדִים עֲבָדַי הֵם. אַחַר כָּךְ קָרָא לָהֶם בָּנִים, זֶהוּ שֶׁכָּתוּב בָּנִים אַתֶּם לַה’ אֱלֹהֵיכֶם. אַחַר כָּךְ קָרָא לָהֶם אַחִים, זֶהוּ שֶׁכָּתוּב לְמַעַן אַחַי וְרֵעָי וְגוֹ’. וּמִשּׁוּם שֶׁקָּרָא לָהֶם אַחִים, רָצָה לָשִׂים אֶת מְדוֹרוֹ בָהֶם וְלֹא יָסוּר מֵהֶם, וְאָז כָּתוּב הִנֵּה מַה טּוֹב וּמַה נָּעִים שֶׁבֶת אַחִים גַּם יָחַד.

Comentário de: Zion Nefesh:
Tradução Jorge RamosZohar Vayikra

# 98
Cânticos 5:1
“Vim ao meu jardim, minha irmã, minha esposa; Juntei minha mirra com minha especiaria; Comi meu favo de mel com meu mel; Bebi meu vinho com meu leite. Coma, ó amigos! Beba, sim, beba profundamente, ó amados! ”

Já entrei no meu jardim, minha irmã, minha esposa; colhi a minha mirra com a minha especiaria, comi o meu favo com o meu mel, bebi o meu vinho com o meu leite; comei, amigos, bebei abundantemente, ó amados.

‘Comi meu favo de mel com meu mel’ é a festa do rei.
‘Coma, ó amigos! Beba, sim, beba profundamente, ó amados! ‘É a refeição dos servos do rei. A refeição provém do aroma da oferta que foi trazida e queimada no altar.

Levítico 1: 9

“Mas ele lavará as entranhas e as pernas com água. E o sacerdote queimará todo o altar como sacrifício queimado, oferta queimada, um aroma suave a YHVH. ”

Quando os israelitas trazem sacrifícios e ofertas ao altar, o aroma sobe aos níveis superiores. O aroma é o aspecto da Luz de Chokmah da esquerda que é a ‘refeição’ para os servos. Eles estão em Malchut e dependem da Luz de Chokmah com a Luz de Chassadim para seus alimentos.

O aspecto “doce” do aroma é o Chassadim da Direita que ascende a YHVH, Zeir Anpin, e nutre as almas de Tzadikim que recebem do nível superior.

# 99
O Santo Abençoado seja Ele não nomeou um ministro para nos governar como as outras nações. Ele nos levou sob sua proteção e ficou perto dele. Por causa de seu amor por nós, ele nos chamou de servos.

Levítico 25:55

“Pois os filhos de Israel são meus servos; são meus servos que tirei da terra do Egito. Eu sou YHVH, seu Deus.

Mais tarde, ele nos chamou de “filhos” (Deuteronômio 14: 1) “Vocês são filhos de YHVH, seu Deus”

Então ele nos chamou de ‘irmãos’,

Salmos 122: 8

“Pelo bem de meus irmãos e amigos, agora direi:” Que a paz esteja dentro de você. ”

Todas essas relações especiais feitas para que o Santo Abençoado seja Ele pode manter a Shechina entre nós e todos podemos estar próximos um do outro.

Salmos 133: 1

“Um Cântico das Ascensões, de Davi. Eis que quão bom e quão agradável é para os irmãos viverem juntos em unidade! ”

Lição:

O aroma que nos alimenta e os níveis superiores pode ser produzido por nossos estudos e pela liberação de nossos desejos egoístas. Toda ação positiva acrescenta um aroma especial ‘as nossas almas. Os sabios nos dizem que o Mashiach reconheceria nossas almas apenas por seu cheiro / aroma. Ele não verifica o conhecimento da certidão de nascimento, mas a “qualidade” do aroma que apegamos a nós mesmos.

{||}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *